Dezembro Laranja é o mês de prevenção ao câncer de pele

Desde 2014, a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) realiza a campanha Dezembro Laranja, ação que faz parte da Campanha Nacional de Prevenção ao Câncer de Pele. A iniciativa tem o objetivo de promover atividades em parceria com instituições públicas e privadas, com o intuito de informar a população sobre os principais riscos, diagnósticos e tratamentos do câncer de pele.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), o câncer de pele é o tipo da doença que mais acontece no Brasil. Segundo a SBD, são cerca de 180 mil novos casos por ano. No entanto, quando descoberto, ele possui mais de 90% de chance de cura.

O Instituto Nacional do Câncer (Inca) afirma que o câncer de pele melanoma tem a sua origem nos melanócitos – células que são produtoras de melanina (substância que designa a cor da nossa pele) – e é mais frequente em adultos brancos. De acordo com o órgão, o melanoma pode surgir em qualquer parte do corpo, na pele ou mucosas, na forma de manchas, pintas ou sinais. Em pessoas de pele negra, o câncer de pele é mais evidente nas áreas claras, como por exemplo, na planta dos pés e nas palmas das mãos.

Segundo o Inca, o câncer de pele equivale a aproximadamente 30% de todos os tumores malignos contabilizados no país - o melanoma simboliza apenas 3% das neoplasias malignas do órgão. Este é o tipo mais grave, em razão à sua grande probabilidade de provocar metástase (disseminação do tumor para ouros órgãos).

O prognóstico desse tipo de câncer pode ser considerado positivo caso ele seja detectado em sua fase inicial. Segundo o Instituto Nacional do Câncer, nos últimos anos houve uma grande evolução na sobrevida dos pacientes diagnosticados com melanoma, principalmente pelo fato da detecção ter sido rápida e pela introdução dos novos medicamentos imunoterápicos.

Assessoria de Comunicação, Cerimonial e Eventos